surf feminino, surf trip feminina, trips de surf para meninas, Viagens e trips de surf para mulheres

Califórnia for fun

12 dias no sul da Califórnia não foram o suficiente, e eu poderia ficar facilmente mais 20 dias por lá e mesmo assim não conheceria tudo do jeito que gosto! Bom, mas como viajo sempre com aquele foco de curtir muito, mas principalmente pegar umas ondinhas, sempre vou embora achando que poderia ter esperado por mais um sweel!!!
Mesmo sendo uma apaixonada por países tropicais de terceiro mundo, com foco 110% no surf, a Califa ganhou meu coração com suas paisagens deslumbrantes, praias lindas e boas ondas, mesmo eu tendo ido no verão, que não é a melhor época para surf. Aqui vou dar um relato breve da nossa trip de 12 dias de carro pelo sul da Califórnia, com o objetivo de buscar umas ondinhas e se divertir principalmente!

Huntigton Beach

Desembarcamos em Los Angeles, alugamos um carro e partimos para para Huntington Beach, a uns 70 km para o sul. Hunnington fica no condado Orange conwtry, e é uma especie de balneário de ferias americano, com praias longas e cercadas pelas famosas palmeiras que são cartão postal da região.
Surfamos Huntington bem ao lado do píer,e até achamos algumas ondas. Nada de muito especial, mas deu pra pegar umas valinhas legais, curtir a praia que tem uma super infra estrutura com banheiros, restaurantes e ciclovia…observar lindos fins de tarde laranja no calçadão onde a galera joga vôlei, anda de skate, pega onda e curte um estilo de vida muito legal e saudável.

Huntington tem aquele ar da cultura surf Californiana, com muitos carros antigos cheios de pranchas em cima e um clima bem retro.As ruas são super largas e arborizadas e tudo parece perfeito, com ótimos lugares pra comer como o wolly food, um mercado de organicos onde encontramos um buffer também orgânicos de cair o queixo literalmente!

Uma boa pedida em Huntington é aproveitar as promoções das lojas de surf todas as terças-feira.

Vale também conhecer a região de Costa Mesa que fica um pouco mais ao sul de Huntington, e que também tem altas ondas como The Edge, que é uma onda super tubular e perigosa, e Newport, que embora não tenhamos surfado também é um pico de surf bem conhecido por ali.

Por do sol da orla de Huntigton Beach
Nas praias de Costa Mesa

As ondinhas do lado direito do píer de Huntigton

San Clemente

Depois de alguns bons dias de surf mediano, orgias gastronômicas e de muitas comprinhas nas lojas de surf, partimos para a cidade de San Clemente, a mais ou menos 50 km para o sul a partir de Huntington.
San clemente tem a cara de uma verdadeira surf City Californiana, com pessoas com pranchas e skate para todo lado, e com uma das melhores ondas da California: Trestles!!!Sim, a mesma dos campeonatos de surf do wsl!
Para chegar a Trestles talvez você precise de um GPS, do wase ou algo do tipo, já que o acesso é um pouco difícil e para chegar você precisa estacionar na estrada e descer a pé cerca de 2 kilometros ate a praia. Trestles fica dentro de uma reserva natural e só é possível chegar a pé (leve o que for comer ou beber, lá não tem nada pra comprar), de skate ou de bicicleta, e é super normal ver a galera descendo e subindo na estradinha que vai até a praia com prancha e skate, ou em bikes motorizadas. Claro que saquei o skate que peguei emprestado do André Barros, pai do skatista Pedro Barros, e fiz minha descida clássica com skate, prancha e tudo que tinha direito.
Surfamos 4 dias seguidos nas bancadas de pedra de Trestles (sim o fundo é de pedras, o que faz a onda quebrar perfeita e linda), a além de Trestles que achei a melhor onda, também tem Church, Cottons, Uppers e lowers, todas quebrando pra direita, embora a gente tenha pego uma ondulação que fez quebrar a clássica esquerda de Trestles com 1,5 perfeito e um crowd absurdo de pessoas de todas as idades que quebravam as ondas.Foi sofrido mas consegui pegar alguma coisa!
Outro pico irado pra surfar em San Clemente ou pelo menos visitar é a praia de San Onofre, famosa entre long boarders e com aquele style de surf anos 70, com muitos carros antigos e trailers na beira da praia, repletos de pranchas antigas e longs monoquilhas em cima. Um verdadeiro colírio para os olhos de quem é apaixonada pela cultura surf dos anos 60/70!Me senti naqueles livros ou desenhos antigos de surf, com kombis, pranchoes e palmeiras, foi lindo!!!!

Quando sobra uma onda em Trestles, a gente aproveita!

A Clássica descida de Trestles, com skate e prancha claro!!!

Encinitas

Encinitas é a típica cidade Californiana dos sonhos de qualquer pessoa. Sabe aquele lugar que dá vontade de morar, ter cinco filhos lindos, um cachorro…? Então, assim que você vai se sentir ao passar uns dias nesse lugar. Encinitas é uma pequena cidade litorânea a 70 km ao norte San Diego. Com praias lindas, casinhas fofas, ruas arborizadas e com lindos paisagismos por toda cidade, Encinitas é uma cidade super fofa e com altas ondas também!!! A Maioria das praias possuem grandes estacionamentos com pracinhas, brinquedos para as crianças, banheiros super limpos, área de churrasqueira e pic nic , chuveiros, escolinha de surf… e a impressão que dá é que Encinitas é perfeito! As praias ficam a baixo de grandes Clifs, e as casas ficam na parte de cima desses clifs. É preciso descer as escadinhas dos penhascos para ir para a praia.

Ficamos hospedados em um motel bem perto da praia de Moonlight, que além de linda ainda tinha umas ondas bem legais e perfeitinhas, imagino que com sweel deva quebrar clássico!

Encinitas é a cidade do Rob Machado (aquele surfista das antigas mega estiloso), e quebra ondas clássicas em muitos fundos de pedra. As principais ondas são Swamy’s, Moonlight e Cardiff, mas imagino que tenha mais secrets que não tivemos a chance de conhecer!

Em relação a alimentação vale comer no mercado de orgânicos que fica em Encinitas, o Lazy Acres que oferece um buffet a kilo muito bom e com muita salada, ou a opção de poke self service ( também muito bom). Outra opção maravilhosa é ir no Mexicano The Taco Stand, na rua Principal. Olha,esse era de comer rezando, principalmente o Burritos de Camarão.

Visual da praia de Swamy’s

Orgânicos de dia e fast food a noite. Tudo na vida é Equilibrio!

San Diego

Depois de dias de surf em Encinitas, partimos até San Diego para conhecer algumas praias da região que meu marido sempre via nas revistas e filmes de surf dos anos 80, rsrsrs. Como já estávamos no fim da trip e não daria teríamos muito tempo, resolvemos passar o dia por lá e conhecer algumas praia. Busquei no pai google onde eram as melhores praias de surf pra visitar e encontramos Lá Jolla. Então play no Waze e partimos pra esse pico que é uma elegante área a beira mar, com litoral  recortado por falésias. A Torrey Pines State Natural reserv é um parque com trilhas e repleta de pinheiros e cânions. O pico era muito lindo, pena que nesse dia estava quase praticamente flat, mas deu pra ver quem rolam varias redes na frente dos cliffs, onde deve quebrar clássico. Uma pena esse dia não ter dado onda, mas valeu conhecer La Jolla.

Aquela selfie experta em la Jolla. Se liguem no pico!!!

Depois partimos para a praia dos sonhos do marido, aquela que ele via nos filmes dos anos 80, a famosa Blacks Beach. Lembro que eu já estava morta de tanto rodar de carro, mas quando cheguei no pico não acreditei no visual! Um dos mais lindos que vi em toda Califórnia com certeza!!! Blacks é uma praia deserta e selvagem, com grandes falésias e penhascos. Depois fiquei sabendo que Blacks é considerada uma das mais lindas praias do mundo e também é famosa por ser uma praia de nudismo no verão. Ainda volto com onda!

Blacks beach com o marido.

Píer de Santa Monica e Venice

Voltamos para a região de Los Angeles para finalizar nossa road trip e não podíamos deixar de conhecer um dos locais mais turísticos do mundo: o píer de St Monica e Venice beach . O Famoso Pier de St Monica é o principal ponto turístico da cidade, e ficou conhecido por ser o final da rota 66, a lendária rodovia que corta os EUA.

O Pier foi construído em 1909, e tem atrações como um parque de diversões famoso, o Pacific Park, um aquário, e muitas apresentações de artistas de rua que se apresentam por la com seus números,  além lojas, restaurantes. Vale muito ir conhecer.

Depois do píer fomos ate Venice Beach que fica a menos de 10 minutos de carro, mas que é possível fazer também alugando uma bike na praia. Venice tem um ar bem hipster, com lojinhas descoladas e psicodélicas e todos os tipos de artistas e malucos que você possa imaginar. Adorei logicamente, e me senti no filme “os reis de dogtown”, com a atmosfera surf, mais skate, mais Bohemiaque Venice transmite, com sua arquitetura decadente e com estilo Mexicano que nos faz sentir nos temos do Woodstock!

fazendo minha foto blogueira no píer de ST Monica

Calçadão de Venice beach

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.